Inape | Projeto Pedra Brilhante | Areté | Techné | Instituto noitikos de apoio ao ensino – São Paulo

Inape

Conheça a

Fundadora

Estudei numa escola Montessoriana lá em Vitória. Foi sem querer… era a única escola boa de lá.

Deus já estava escrevendo minha história. Isso me ajuda muito no Areté. Impressionante como Deus me preparou para construir essa instituição.

Foi uma vida de preparo, para enxergar a criança individualmente e investir em suas habilidades, assim ela pode participar do todo.

Tudo o que fiz na vida, foi essencial, para me fazer amar, tão intensamente, crianças com transtornos de aprendizagem.

É maravilhoso o amor de Deus! Que bom que fui nessa direção. Que bom que deu tempo. Teve de haver um turbilhão na minha vida, a fim de que eu cumprisse minha vocação.

Sinto-me realizada: filhos encaminhados, produtivos e diferenciados, fazendo a diferença no mundo. Um marido compreensivo, amoroso, atencioso e incentivador e, a realização de um sonho: ser abraçada e amada por crianças tão ingênuas que comovem meu coração. Isso tem renovado minhas forças diariamente, talvez tenha encontrado o elixir da juventude.

Objetivo de vida

Aos cinquenta e três anos, em 2011, depois de me aposentar como professora de língua portuguesa e de língua inglesa, resolvi que teria de fazer algo para mudar a vida das crianças com transtornos de aprendizagem, já que havia me deparado, em sala de aula, com uma grande demanda por intervenção psicopedagógica de famílias em situação de vulnerabilidade social com filhos portadores de síndromes e de déficits cognitivos, sem condições de acompanhar a vida escolar.

Sem saber muito como agir, aluguei um espaço com quatro salas em que funcionariam atendimentos fonoaudiólogicos, psicopedagógicos, neuropsicológicos e de terapia ocupacional, a fim de que com uma equipe multidisciplinar a abrangência na intervenção fosse completa. Demos nome para esse projeto de Noitikos, que em grego significa capacidade intelectual, já que intervínhamos na reabilitação cognitiva de autistas, disléxicos, transtorno do déficit de atenção com hiperativiadade e outros transtornos globais do desenvolvimento.

Por causa da demanda intensa de crianças e de adolescentes em situação de vulnerabilidade social o projeto cresceu e nos obrigou a nos mudarmos para um espaço maior em 2014. Percebemos, também, que atendimentos individuais, mesmo com uma equipe multidisciplinar, não interferia no comportamento social. Assim, resolvemos dar início a outro projeto, o de Atendimento Educacional Especializado como contraturno escolar que demos o nome de Areté, que em grego é adaptação perfeita e em língua indígena é o cumprimento de propósito.

Essas palavras usadas, tais como um indicativo para que as crianças cumprissem o propósito de suas vidas por meio de uma adaptação perfeita, utilizando toda sua capacidade cognitiva – Noitikos e Areté Novamente, o espaço se tornou pequeno e nos mudamos para um lugar maior que comportasse trinta crianças por período.

Com a ajuda de fundações e de aportes individuais, funcionamos, hoje, em 2022, num prédio de cinco andares, atendendo, individualmente, como no primeiro projeto e, em grupo, no contraturno escolar, atingindo em média duzentos beneficiários.

Por meio de nossa força, teimosia, determinação, foco e vontade para vencer, unidos em uma equipe engajada e com visão social, em apenas oito anos saímos de quatro salas para um prédio de cinco andares com quadra e refeitório.

Portanto, a palavra que descreve esse sucesso é Resiliência, nunca desistir, continuar lutando e utilizando os obstáculos para atingirmos nossos objetivos. E, assim, todos nos tornamos fortalezas que constroem pontes, para que outros vençam. Com planos para o futuro, querendo ampliar nosso alcance, em breve, iremos inaugurar nosso novo projeto: o de inclusão profissional, fazendo com que nosso sonho seja completo.

Conheça nosso

Público-Alvo

O INAPE atende crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem e com deficiência intelectual leve. São atendidas, aproximadamente, 200 crianças e adolescentes por mês, com idade entre 3 e 17 anos e 11 meses, de ambos os sexos e, também, adultos por meio do projeto profissionalizante Techné.

O objetivo do Inape é estimular a capacidade intelectual

Noitikós em grego: inteligência

Missão

Inclusão escolar de crianças e de adolescentes com transtornos de aprendizagem e deficiência intelectual.

Visão

Ser referência em educação especial, contribuindo para a reabilitação, o empoderamento e o enriquecimento instrumental cognitivo de indivíduos com necessidades educativas especiais.

Valores

Excelência e ética no atendimento multidisciplinar, valoriza-se a dignidade do indivíduo, estimulando sua capacidade cognitiva e promovendo a socialização em solidariedade com a família que sofre com filhos ou parentes com dificuldades de aprendizagem ou com necessidades educativas especiais.

Excelência Dedicação Valorização Estímulo

Instituto noitikos de apoio ao ensino - inape

Inclusão de crianças e adolescentes

O Instituto Noitikos de Apoio ao Ensino – INAPE, localizado à Rua Horácio Alves da Costa nº 234, São Paulo/SP, é uma instituição sem fins lucrativos, fundada em 2011 para acolher crianças e adolescentes vulneráveis com deficiência intelectual, déficit cognitivo, dificuldade de aprendizagem e autistas da Cidade Ademar e adjacências.

Atuamos em parceria com a rede socioassistencial, escolas públicas e privadas, UBS (Unidades Básicas de Saúde) e SAICAS (Serviço de Acolhimento Institucional), promovendo a inclusão de crianças e adolescentes para que acompanhem com qualidade o ensino regular. Desenvolvemos os projetos:

Função das intervenções realizadas no Inape por meio de seus

Projetos

Contribuir para o raciocínio com base nas hipóteses diagnósticas, possibilitando a identificação de maneira pormenorizada, pela atuação multidisciplinar, o tipo e a extensão da alteração cognitiva, enfatizando as funções cognitivas preservadas e comprometidas, a presença de alterações do comportamento e do humor, assim como seu impacto nas atividades de vida diária, ocupacional, social e pessoal dos atendidos.

Avaliação Neuropsicológica

A avaliação neuropsicológica compõe o diagnóstico diferencial e tem como objetivo mapear funções cognitivas que possam estar comprometidas, prejudicando a aprendizagem. Além disso, contribui para a intervenção propondo estratégias de tratamento e planejamento para reabilitação.

Atendimentos Individuais

Os atendimentos individuais são realizados de acordo com as demandas encontradas durante o diagnóstico. São realizados por profissionais das áreas da Psicologia, Psicopedagogia, Terapia Ocupacional e Fonoaudiologia para crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem. Acontecem com a presença de um profissional, seja psicólogo, terapeuta educacional, psicopedagogo, fonoaudiólogo, de acordo com as necessidades identificadas no diagnóstico. É possível que durante o processo, novas demandas sejam identificadas, ocorrendo assim o encaminhamento para atendimentos individuais com outros profissionais ou para atendimentos em grupo.

Atendimentos em Grupo

Os atendimentos em grupo são realizados por profissionais de áreas complementares, de acordo com o objetivo estipulado. Ocorrem com até 5 crianças ou adolescentes simultaneamente e têm objetivos mais amplos do que os individuais, mesclando intervenções de diferentes áreas da saúde e educação. Podem se organizar das seguintes formas:

  • Oficinas de Matemática, com objetivo de exercitar o raciocínio lógico de maneira lúdica;
  • Oficinas de Leitura, para aumentar a motivação das crianças e adolescentes para a leitura;
  • Oficinas Temáticas, que partem de assuntos de interesse dos estudantes para o desenvolvimento de habilidades motoras, sensoriais, sociais e pedagógicas;
  • Passeios culturais que contribuam com a construção do cidadão;
  • Grupos terapêuticos, que discutam temas em comum, relacionados a questões que possam prejudicar a aprendizagem, de acordo com a demanda do grupo;
  • Grupo de Orientação de Estudos, que tem como foco orientar e motivar os alunos a estudarem de maneira produtiva e autônoma;
  • Oficinas de música e musicoterapia, estimulação de coordenação motora, sons e ritmos. Prática com música em contexto clínico para reabilitação cognitiva.
  • Judô e Balé, estimulação da psicomotricidade e disciplina.

Atendimento aos familiares

O atendimento aos familiares é realizado de acordo com a demanda observada, podendo ser feito em grupo de pais ou individualmente. Os grupos podem ser temáticos, por exemplo, focados em orientação parental para organizar e promover a rotina de estudos dos filhos ou terapêuticos, trabalhando com as questões diárias vivenciadas pelos pais na relação com seus filhos. Os atendimentos individuais são realizados quando uma demanda específica de determinada família é identificada. Os atendimentos à família além de contribuírem para o desenvolvimento e aprendizagem dos estudantes, promovem melhorias na qualidade da relação entre os pais e filhos.

Encaminhamento para instituições parceiras

Quando os profissionais do INAPE avaliam a necessidade de tratamentos complementares ou diferentes dos oferecidos pelo instituto, encaminham as famílias para instituições parceiras para que as intervenções sejam mais bem sucedidas.

Parcerias com escolas

As parcerias com escolas visam construir conhecimento sobre as dificuldades de aprendizagem e possíveis intervenções de acordo com a demanda de cada aluno. Além disso, são oferecidas palestras de orientação sobre temas específicos dentro da Psicologia, Pedagogia, Terapia Ocupacional e Fonoaudiologia que possam ser do interesse das escolas e pais de alunos.

Escola de

Educação infantil

Por meio de uma metodologia inovadora, desenvolvida por especialistas em Educação Especial,  em período integral, conta com equipe multidisciplinar (psicólogos, neuropsicopegadogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e terapeutas ABA) em sala de aula e, também, individualmente, cujo objetivo é a intervenção precoce nos educandos, portadores de transtornos de aprendizagem. Assim, ao chegar ao ensino fundamental, a criança não apresentará dificuldades e a inclusão será efetiva. A escola possui, também, oficinas de música, artes, inglês, judô, balé, mindfulness, ludoterapia e culinária.